Jornalista dos EUA chora ao vivo ao falar sobre filhos de imigrantes separados dos pais

Apresentadora da MSNBC se emocionou ao falar sobre política de tolerância zero implantada pelo governo Trump

Foto: Reprodução

A apresentadora da rede MSNBC, Rachel Maddow, se emocionou ao ler uma notícia sobre filhos de imigrantes ilegais que estão separados dos pais na fronteira dos Estados Unidos. Ela acabou chorando ao vivo durante transmissão do jornal ao ler a notícia de que o governo do presidente Donald Trump estaria enviando bebês e crianças pequenas para abrigos específicos.

Depois, nas redes sociais, a jornalista se desculpou pelo momento e divulgou a informação que acabou não sendo lida na íntegra. “Confira a história da Associated Press que foi publicada quando eu estava no ar, mas que não fui capaz de ler ao vivo. Novamente, eu peço desculpas por perder o controle por um momento. Não era o que eu planejava fazer, nem de longe”, escreveu.

Desde que a Casa Branca anunciou uma política tolerância zero a imigrantes ilegais, em maio, os adultos flagrados tentando entrar ilegalmente no país estão sendo acusados criminalmente e encaminhados a presídios federais.

As crianças, que por lei não podem ficar nesses ambientes, acabam sendo enviadas para abrigos mantidos pelo governo e ficam sem contato com os pais. Em seis semanas da política de tolerância zero, cerca de 2 mil crianças foram separadas dos pais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.