Jornal Nacional destaca Marconi em reportagem sobre Lei da Ficha Limpa

Aprovada em 2010, norma barrou a candidatura do ex-presidente Lula à presidência da República

Divulgação

O ex-governador e candidato ao Senado, Marconi Perillo (PSDB), ganhou destaque no Jornal Nacional deste sábado (1º/9), em reportagem sobre a Lei da Ficha Limpa, que barrou a candidatura do ex-presidente Lula à presidência da República. A matéria sobre a Ficha Limpa foi ao ar depois de o Jornal Nacional mostrar a reportagem que resumiu o julgamento da candidatura de Lula no TSE, que acabou barrada.

Marconi aparece no Jornal Nacional presidindo a sessão no Senado que aprovou a Lei da Ficha Limpa em 19 de maio de 2010. “Setenta e seis votantes; nenhuma abstenção, nenhum voto ‘não’, setenta e seis votos ‘sim’. Está aprovado o projeto Ficha Limpa nessa sessão história para o Senado Federal, para o Congresso Nacional e para o Brasil”, disse Marconi na ocasião, sob fortes aplausos.

O então senador articulou a entrada do projeto em votação naquela sessão e a proposta foi aprovada por unanimidade, menos de um ano depois de entrar em tramitação no Congresso Nacional, assinada por um 1,6 milhão de brasileiros. A lei foi sancionada pela Presidência em 4 de junho. A lei determina que estão inelegíveis por 8 anos todos os condenados por órgão colegiado em segunda instância.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Diogo

… e vai ser vitima dela