“É totalmente falso”, diz Jorcelino Braga, sobre fusão do Patriota com o PTB

A ideia foi levantada na tentativa de criar condições para a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para disputa da reeleição em 2022

De acordo com presidente estadual do Patriota em Goiás, o empresário e ex-secretário da Fazenda, Jorcelino Braga, diferentemente do que tem sido circulado nos últimos dias na imprensa nacional, não existe possibilidade de fusão da sigla com o PTB. A ideia foi levantada na tentativa de criar condições para a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para disputa da reeleição.

A filiação a um partido é necessária para que o presidente esteja apto a disputar a reeleição em 2022 — de acordo com as regras da Justiça Eleitoral, o prazo máximo é até seis meses antes do pleito. Bolsonaro havia dito anteriormente que decidiria seu futuro partidário até março, o que não aconteceu.

Bolsonaro tem recebido propostas de diferentes siglas desde que foi negado o registro da Aliança pelo Brasil. Enquanto isso, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, tenta se colocar como um articulador e se tornar um aliado fundamental de Bolsonaro, a fim de lucrar com a candidatura da família.

A legenda que será escolhida, porém, contará com a concordância dos filhos do presidente, que estavam atuando na linha de frente das negociações com o Patriota, que avalia se fundir com o PTB, e com o PMB, que recentemente mudou o nome para Brasil 35.

A fusão dos dois partidos irá garantir que a “nova sigla” atinja a cláusula de barreira na tentativa de fechar uma chapa única para disputa eleitoral de 2022, com número de deputados e pré-candidatos dos dois partidos possa dar um volume que gera condição de atingir as novas exigências eleitorais.

Jorcelino Braga, que também é secretário nacional do Patriota, nega essa possibilidade. “Não existe isso. Nenhuma possibilidade. Teria que ser uma ação nacional e isso não foi cogitado e nem mesmo ventilado. É totalmente falso”.

Goiás

O ex-prefeito de Trindade e ex-presidente estadual do PSDB, Jânio Darrot, se filou ao Patriota com intenção de ser candidatado ao governo de Goiás em 2022. Segundo Jorcelino Braga, a sigla tem trabalhado na formação de uma chapa consistente e forte para a disputa. “Nesse momento estamos conversando deputados estaduais e federais sobre candidaturas e alianças políticas. O Jânio só não será candidato ao governo de Goiás pelo Patriota se ele não quiser”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.