João de Deus deixa cadeia e vai cumprir pena em casa com tornozeleira

Médium deve fica em sua residência na cidade de Anápolis e respeitar restrições como não se aproximar de testemunhas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O médium João de Deus deixou o Completo Prisional de Aparecida de Goiânia, na tarde desta terça-feira, 31. Ele colocou a tornozeleira eletrônica para o monitoramento e agora segue para a prisão domiciliar em sua residência na cidade de Anápolis. O benefício concedido pela juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Comarca de Abadiânia.

João de Deus tem 78 anos, tem problemas cardíacos e por isso está incluso no grupo de risco da pandemia do Coronavírus. A decisão de colocá-lo em prisão domiciliar segue uma orientação do Supremo Tribunal Federal (STF), como medida de contenção da Covid-19.

Além de usar a tornozeleira eletrônica, a prisão domiciliar do médium está condicionada a outras restrições. João de Deus deve comparecer em juízo todo mês e não pode frequentar a casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, onde mantinha um instituto e fazia consultas espirituais. Ele também está proibido de manter contato com vítimas ou testemunhas das ações penais que responde.

João de Deus foi condenado a quase 60 anos de prisão por ter abusado de mulheres que buscavam auxílio espiritual. Ele cumpre pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde estava detido desde 16 de dezembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.