Pedido da transferência está na regulação aguardando liberação de vaga, informa Hospital Municipal de Aparecia de Goiânia

Foto: Reprodução

O custodiado João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, de 77 anos, segue internado no Hospital Municipal de Aparecia de Goiânia (HMAP). Segundo informações, o paciente aguarda vaga do Sistema Único de Saúde (SUS) em uma unidade referência em cardiovascular, após o médico recomendar imediata transferência em avaliação realizada na noite desta segunda-feira, 30.

A defesa do médium afirma que o pedido de transferência de João Teixeira foi feito pelo médico cardiologista do HMAP, devido à situação em que o paciente se encontra, uma vez que a unidade não dispõe de todos os recursos necessários para manter a integridade dele. No entanto, a transferência só será concretizada mediante disponibilidade de vaga no SUS.

O advogado de João explica ainda que por mais que o hospital de Aparecida seja bem equipado, os exames mostram que o estado de saúde do paciente requer uma unidade referência e com capacidade estrutural para o caso cardiológico. “O pedido de vaga foi feito, mas paralelo a isso estamos preparando todos os recursos cabíveis para resguardar a vida do João Teixeira”, informou a defesa.

O Hospital Municipal de Aparecia de Goiânia (HMAP) informou que o pedido da transferência está na regulação aguardando liberação de vaga. Confira a nota:

O Hospital Municipal de Aparecia de Goiânia (HMAP) informa que:

o paciente João Teixeira de Faria passou por avaliação com médico cardiologista na noite desta segunda-feira, 30. No parecer emitido, o profissional recomenda a transferência do paciente para unidade referência em cardiovascular (pública ou privada) onde ele poderá realizar exames mais detalhados que permitirão uma melhor avaliação da Doença Coronária e do cenário de angina instável apresentada nos últimos dias.
Paciente segue internado na enfermaria, em observação, até a realização da transferência.
João Teixeira deu entrada na unidade na noite da última sexta-feira, 27, com dores no peito e anemia.

HMAP.
A direção.