Jayme Rincón afirma que Iris Rezende está formando chapa com o que sobrou da base governista

Tal declaração foi feita após ser questionado sobre o que achava da nova chapa de Iris Rezende com os deputados federais Ronaldo Caiado (DEM) e Armando Vergílio (Solidariedade), que um dia foram da base de Marconi

Foto: Ro

Governador Marconi Perilo ao lado de Jayme Rincón em inauguração dos viadutos nas GOs 060 e 070Foto: Rodrigo Cabral

Em inauguração dos viadutos nas saídas da GO-060 e GO-070 na tarde desta quarta-feira (18/6),o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón (PSDB) aproveitou para alfinetar o pré-candidato ao governo de Goiás pelo PMDB, Iris Rezende (PMDB). “Não gosto de palpitar na casa alheia, mas o que fica claro para mim é que o ex-prefeito Iris Rezende está juntando os cacos que não quisemos. Ele está ficando com o que sobrou de nós.” Rincón disse também que “quem vai disputar eleição não tem que escolher adversário”. O presidente sustenta que, caso o governador Marconi Perillo (PSDB) tente a reeleição, não há dúvida da força da chapa. “Que ele [Iris] cuide da vida dele, que faça a chapa dele. Nós estamos hoje muito empenhados para fazer o melhor governo da vida dos goianos”, afirmou à imprensa.

Tal declaração foi feita após ser questionado sobre o que achava da nova chapa de Iris Rezende, em que o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) foi confirmado também na tarde desta quarta-feira (18) como candidato ao Senado e o deputado federal Armando Vergílio (Solidariedade) como vice. Tanto Caiado quanto Vergílio já foram um dia integrantes da base de Marconi Perillo.

O presidente também alfinetou o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT). Dizendo que o governador transformou Goiás em “um verdadeiro canteiro de obras”, disse que o túnel, diferente do que foi inaugurado no aniversário de Goiânia no ano passado, na avenida Araguaia, não irá alagar. “Não precisam temer que esse viaduto é a prova de chuva”, disse do palanque. Rincón ainda criticou o viaduto da T-63, inaugurado por Iris Rezende. “Cada dia cai um pedaço.”

Questionado sobre as calçadas danificadas ao redor das obras na GO-060 E GO-070, o presidente disse que o que for referente à obra do Estado irá ser restaurado. “Mas o que foi causado tráfego quem tem o dever de arrumar é a Prefeitura de Goiânia. Mas se não conseguirem, teremos o prazer de ajudar o prefeito mais uma vez”, alfinetou mais uma vez.

Na GO-060 foram gastos R$ 13 milhões e na GO-070 foram R$ 9,5 milhões, segundo o presidente. De acordo com ele, as obras do Hugo 2 serão concluídas antes do fim do ano. Quanto aos viaduto inaugurados nesta quarta-feira (18), a parte estética ainda não está concluída, mas segundo Rincón, está em processo de licitação.

A inauguração dos viadutos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chegando sob grande barulho de foguetes, o governador Marconi Perillo (PSDB) inaugurou na tarde desta quarta-feira (18) os viadutos José Alves Fernandes e Leôncio Barbosa da Silveira, nas GOs 070 (saída para Inhumas), e 060 (saída para Trindade) respectivamente. Entre vivas e aplausos, o discurso geral era de que Marconi Perillo transformou Goiás em um verdadeiro canteiro de obras bem sucedidas, o “maior tocador de obras do país”.

Marconi percorreu à pé, ao lado de Jayme Rincón e Vilmar Rocha, o espaço que liga as GOs 070 e 060. Sorrindo e acenando, o governador fez um pequeno discurso no viaduto Leôncio Barbosa da Silveira, da GO 060, iniciando-o dizendo: “Viva a Goiânia”. Cumprimentando a todos, Marconi falou sobre a grande satisfação de entregar essa obra ao povo goiano.

Jayme Rincón, o pré-candidato ao Senado pela base e deputado federal Vilmar Rocha (PSD), e o pré-candidato à vice também pela base governista, José Eliton (PP), também falaram brevemente. “Era o que faltava para dar o toque final na rodovia dos Romeiros”, disse o prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB). O deputado estadual Helder Valin (PSDB) se emocionou ao agradecer a homenagem feita a seu pai, cujo nome foi colocado no viaduto da GO-060, Leôncio Barbosa da Silveira. “Estamos vivendo um momento político de extrema importância. Está quase no final do mandato do governador, e esperamos que Deus encaminhe o encaminhe este ano para que Goiás continue crescendo”, disse o deputado.

Ao som da banda da Polícia Militar, o governador, junto com outros políticos, desfizeram o laço azul, inaugurando as obras. Também estavam no evento o empresário e ex-secretário da Indústria e Comércio do governo de Goiás, Alexandre Baldy, a vereadora Dr. Cristina (PSDB), os vereadores Virmondes Cruvinel (PSD), Dr. Gian (PSDB), Pedro Azulim (PDB), o prefeito de Inhumas, Dioji Ikeda (PDT), entre outras figuras políticas. Dioji Ikeda sempre mostrou seu apoio ao pré-candidato ao governo Antônio Gomide (PT), e disse que estava no local pois não poderia faltar, já que, de acordo com ele, “se trata de uma obra de grande importância para o Estado de Goiás”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.