Janssen adia entrega de vacinas ao Brasil

No entanto, Ministério da Saúde diz trabalhar para que imunizantes cheguem ainda nesta semana em três remessas. Prazo de validade do lote acaba em 27 de junho

Ao todo, 3 milhões de vacinas contra a Covid-19 seriam enviadas; farmacêutica não divulgou novo prazo

Está suspensa a entrega de 3 milhões de doses da vacina Janssen ao Brasil, o que iria ocorrer nesta terça-feira, 15. As informações foram obtidas pela BandNews TV e confirmadas pela emissora no Ministério da Saúde.

O governo federal, por enquanto, não fez nenhum comunicado oficial sobre o motivo do cancelamento, informado pela própria empresa ao Executivo.

Apesar de não estar confirmada uma nova data para entrega, o Ministério da Saúde trabalha para receber as vacinas ainda nesta semana, em três remessas.

A Janssen é o braço farmacêutico da megaempresa Johnson & Johnson e sua vacina contra a Covid-19 é aplicada em dose única. De acordo com dados disponíveis, ela tem 85% de eficácia nos casos mais severos da doença.

O problema é que a remessa já chegaria ao Brasil com prazo de validade próximo do fim (27 de junho). Por isso, a prioridade é que seja distribuída para capitais e cidades maiores.

No entanto, com base em protocolos adotados nos Estados Unidos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) poderia aumentar o prazo de validade das doses de 12 para 18 semanas. Sendo assim, o fármaco passaria a ser funcional até 8 de agosto.

* Com informações da Bandnews TV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.