Janot envia para Goiás informações de delações da Odebrecht envolvendo Demóstenes

Informações são da coluna Expresso, do site da revista Época

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), que já enviou à Procuradoria da República em Goiás informações relativas ao ex-senador Demóstenes Torres, do DEM, citado na delação de executivos da Odebrecht. As informações são da coluna Expresso, do site da revista Época.

Segundo Fernando Cunha, um dos colaboradores do Ministério Público, Torres teria recebido R$ 2 milhões em caixa dois nas eleições de 2010. O ex-senador chegou a recorrer ao Supremo alegando que as menções a ele não teriam relação com a Lava Jato e solicitando a redistribuição de seu caso a outros relatores.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.