Jânio Darrot defende projeto de desoneração da passagem

Segundo o prefeito de Trindade, os usuários não podem ser penalizados sem melhoria da qualidade do transporte público

Jânio Darrot | Foto: Divulgação

O prefeito de Trindade Jânio Darrot (PSDB) defende a continuidade de projeto de desoneração para diminuição da passagem do ônibus na Região Metropolitana de Goiânia. De acordo com ele, que é ex-presidente da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivas (CDTC), os usuários não podem ser penalizados pelos altos preços, sem melhorias adequadas.

Ele afirma que o transporte público é um direito social garantido na Constituição brasileira e que não “podemos nos omitir da luta no sentido de buscar melhorias na prestação deste serviço primordial”. “Vamos continuar a luta para que os goianos possam ter acesso a transporte coletivo com dignidade e respeito, para que possam desfrutar da verdadeira cidadania”, continua.

O projeto de desoneração da tarifa feito pelo governo ainda não foi enviado à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, pois ainda passa por revisão jurídica na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedi). Segundo a proposta da governadoria, seria criada taxa extra de R$ 98 para licenciamento de veículos, que iria para um fundo para ser usado na desoneração da passagem.

Com a desoneração, a passagem para 2020 poderia cair de R$ 4,30 para R$ 3,80. A previsão é que, sem o fundo, o valor chegue a R$ 4,45 já a partir do próximo ano.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) chegou a publicar dois pareceres, um a favor e outro contra o projeto do governo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.