Janela partidária está fechada. Confira os goianos que mudaram de partido

Com fim do prazo, que durou 30 dias, pelo menos 16 políticos trocaram de legenda em Goiás

Eliane Pinheiro, Alexandre Baldy, Heuler Cruvinel e Delegado Waldir estão na lista | Reprodução

Com propósito de instrumentar uma elegibilidade e poder mudar de partido sem perder o mandato por infidelidade, políticos possuem o período da janela de troca partidária. O intervalo, que dura um mês, terminou nesta sexta-feira (6/4) e deu direito para que parlamentares ou pessoas políticas sem mandato pudessem escolher outra legenda.

Quem não mudou de partido nesse período e vai se candidatar, será pela legenda em que participa. Não serão mais permitidas mudanças partidárias a partir de agora. Confira, então, a lista que o Jornal Opção montou com todas as pessoas públicas que mudaram de legenda durante a janela.

– Lucas Calil, deputado estadual: saiu do PSL e foi para o PSD. Ele é pré-candidato a deputado e quer ser reeleito.

– Heuler Cruvinel, deputado federal: saiu do PSD e foi para o PP. O parlamentar está cotado para ser vice de Zé Eliton.

– Vanderlan Cardoso, empresário e ex-prefeito de Senador Canedo: saiu do PSB e foi para o PP. Está cotado para compor a chapa majoritária.

– Lincoln Tejota – trocou o PSD pelo PROS para ser pré-candidato a deputado federal

– Eliane Pinheiro, deputada estadual: saiu do PMN e foi para o PSDB.

– João Gomes, ex-prefeito de Anápolis: saiu do PP e foi para o PSDB.

– Tião Caroço, ex-conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios, era do PP e estava sem partido: foi para o PSDB. João Gomes, Eliane Pinheiro e Tião Caroço vão disputar mandato de deputado estadual.

– Jean Carlo, deputado estadual: saiu do PHS e foi para o PSDB. O parlamentar será candidato a deputado federal.

– Wilder Morais, senador: saiu do PP e foi para o DEM. Irá disputar a reeleição na chapa do também senador Ronaldo Caiado (DEM).

– Humberto Aidar, deputado estadual: saiu do PT e foi para o MDB.

– Alexandre Baldy, ministro das Cidades: era do Podemos, mas estava sem partido. Se filiou ao PP. Baldy pode ter vaga na chapa majoritária do deputado federal e pré-candidato a governador, Daniel Vilela (MDB).

– José Nelto, deputado estadual: saiu do MDB e foi para o Podemos. Ele é pré-candidato a deputado federal.

– Álvaro Guimarães, deputado estadual: saiu do PR e o deputado Iso Moreira saiu do PSDB. Foram para o DEM.

– Santana Gomes, suplente de deputado estadual: saiu do PSL e foi para o PDT. Será candidato a deputado estadual.

– Delegado Waldir, deputado federal: saiu do PR e foi para o PSL.

– Simeyzon Silveira, deputado estadual: saiu do PSC e foi para o PSD.

Deixe um comentário