Janaína Paschoal afirma na comissão que não é tucana e se diz decepcionada com FHC

Advogada e uma das autoras do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), ela usa tempo de fala a senadores para defender processo apartidário

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Janaína Paschoal chorou, gritou, falou de “ditaduras obscuras”, de corrupção, mas não citou uma vez sequer crimes de responsabilidade, que são os fatos analisados no processo de impeachment |Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em discurso que teve choro, apelos aos “brasileirinhos”, falou sobre “dinheiro sigiloso a ditaduras obscuras” de Cuba, Venezuela e Angola, mas que pouco se tocou no assunto crimes de responsabilidade analisados no parecer aprovado pela Câmara para abertura do processo de impeachment no Congresso, a advogada e autora do pedido de impeachment Janaína Paschoal negou ser do PSDB.

Ao afirmar que não é tucana na Comissão Especial do Impeachment do Senado nesta quinta-feira (28/4), Janaína se disse decepcionada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e que seu pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) é “apartidário” e a vontade do povo.

Ela foi convidada pela comissão para defender o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff, que apresentou junto com os advogados Miguel Reale Júnior e Hélio Bicudo.

“O processo não é partidário. Depois [de apresentado o pedido] os partidos de oposição abraçaram nosso pedido. Não quero mais ouvir que sou tucana. Nós apresentamos esse pedido porque eles [tucanos] são uma oposição fraca. Veja bem a minha personalidade e me diga se eu sou tucana.”

Em todo o seu tempo de fala, a advogada não citou uma vez sequer os dois crimes de responsabilidade que dão base à abertura ou não do processo de impeachment pelo Senado, que possivelmente deve ser votado no dia 11 ou 12 de maio em plenário. (Com Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

JOSE GUTEMBERG

GOSTARIA MUITO DE FALAR COM VC. OLHO A OLHO. ONTEM VC ESTEVE MUITO AQUEM DAQUILO QUE VC E. CARETAS CHORAS RECEBENDO E ACEITANDO AMEAÇAS. VOCE NAO E ASSI, ESTAVA ACUADA. QUANDO A DAYSE HOFFMAN LHE INERROMPEU SU REPLICA VC DEVERIA TER SE DIRIGIGODPO AO PRESIDENTE E DIZER QUE QUANDO UMA PESSOA FALA A OUTRA ESCUTA O CONTRARIO E FALTA DE EDUCACAÇÃO, E USAR O BORDAÕ: IMPHECHEMEN SEM RESPONSABILIDADE FISCAL E CRIME MAS IMPECHEMENT COM RESPONSABILIDADE FICACAL E CRIME. COMO: MATAR O REI NÃO, É CRIME MATAR O REI NAO E CRIME. A VIRGULA E ESSENCIAL