Janaína Paschoal afirma na comissão que não é tucana e se diz decepcionada com FHC

Advogada e uma das autoras do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT), ela usa tempo de fala a senadores para defender processo apartidário

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Janaína Paschoal chorou, gritou, falou de “ditaduras obscuras”, de corrupção, mas não citou uma vez sequer crimes de responsabilidade, que são os fatos analisados no processo de impeachment |Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em discurso que teve choro, apelos aos “brasileirinhos”, falou sobre “dinheiro sigiloso a ditaduras obscuras” de Cuba, Venezuela e Angola, mas que pouco se tocou no assunto crimes de responsabilidade analisados no parecer aprovado pela Câmara para abertura do processo de impeachment no Congresso, a advogada e autora do pedido de impeachment Janaína Paschoal negou ser do PSDB.

Ao afirmar que não é tucana na Comissão Especial do Impeachment do Senado nesta quinta-feira (28/4), Janaína se disse decepcionada com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e que seu pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) é “apartidário” e a vontade do povo.

Ela foi convidada pela comissão para defender o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff, que apresentou junto com os advogados Miguel Reale Júnior e Hélio Bicudo.

“O processo não é partidário. Depois [de apresentado o pedido] os partidos de oposição abraçaram nosso pedido. Não quero mais ouvir que sou tucana. Nós apresentamos esse pedido porque eles [tucanos] são uma oposição fraca. Veja bem a minha personalidade e me diga se eu sou tucana.”

Em todo o seu tempo de fala, a advogada não citou uma vez sequer os dois crimes de responsabilidade que dão base à abertura ou não do processo de impeachment pelo Senado, que possivelmente deve ser votado no dia 11 ou 12 de maio em plenário. (Com Agência Brasil)

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
JOSE GUTEMBERG

GOSTARIA MUITO DE FALAR COM VC. OLHO A OLHO. ONTEM VC ESTEVE MUITO AQUEM DAQUILO QUE VC E. CARETAS CHORAS RECEBENDO E ACEITANDO AMEAÇAS. VOCE NAO E ASSI, ESTAVA ACUADA. QUANDO A DAYSE HOFFMAN LHE INERROMPEU SU REPLICA VC DEVERIA TER SE DIRIGIGODPO AO PRESIDENTE E DIZER QUE QUANDO UMA PESSOA FALA A OUTRA ESCUTA O CONTRARIO E FALTA DE EDUCACAÇÃO, E USAR O BORDAÕ: IMPHECHEMEN SEM RESPONSABILIDADE FISCAL E CRIME MAS IMPECHEMENT COM RESPONSABILIDADE FICACAL E CRIME. COMO: MATAR O REI NÃO, É CRIME MATAR O REI NAO E CRIME. A VIRGULA E ESSENCIAL