“Jamais apoiei o golpe” diz ex-presidente Michel Temer sobre afastamento de Dilma Rousseff

Em entrevista à Roda Viva, Temer descartou qualquer empenho em prol do afastamento da petista no ano de 2016

Foto: Lula Marques/Agência PT

Em entrevista ao programa Roda Viva, o ex-presidente da República, Michel Temer (MDB), negou ter conspirado em favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016.

“O pessoal dizia ‘o Temer é golpista’ e que eu teria apoiado o golpe. Diferente disso, eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, delcarou durante a entrevista. Temer também disse que não imaginava que a sua chegada à presidência viesse por esta via.

Para o emedebista, se o ex-presidente Lula tivesse assumido a Casa Civil, naquele mesmo ano, provavelmente Rousseff não teria sido afastada do poder. “Ele tinha um bom contato com o Congresso”, pontuou.

Vale lembrar que a petista tentou nomeá-lo. No entanto, a indicação foi barrada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após o vazamento de uma ligação telefônica entre Lula e a então presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.