A bravata consiste em uma imagem de militares armados com um texto em que se lê a fala do coronel da PM de Brasília, que também preside a Associação dos Militares Estaduais do Brasil

Jair Bolsonaro resgatou a citação das vésperas do ato do 7 de setembro| Foto: Reprodução

Na manhã deste sábado, Jair Bolsonaro (PL) encaminhou a grupos de WhatsApp uma ameaça de golpe feita no ano passado pelo coronel Marcos Oliveira com os dizeres “Polícia Militar seguirá o Exército em caso de ruptura institucional”. A informação foi revelada por Lauro Jardim em sua coluna no jornal O Globo. 

A bravata consiste em uma imagem de militares armados com um texto em que se lê a fala do coronel da PM de Brasília, que também preside a Associação dos Militares Estaduais do Brasil (Amebrasil). Na citação, Marcos Oliveira menciona o Artigo 144 da Constituição Federal. Veja a mensagem encaminhada pelo presidente da República: