Já são 10 unidades de saúde sem vacina contra H1N1 em Goiânia. Veja lista

Secretaria orienta que toda a população continue seguindo as medidas preventivas para evitar a contaminação pelos vírus que causam a gripe

Já são 10 unidades de saúde de Goiânia que enfrentam desabastecimento da vacina contra a influenza A (H1N1). Na última quarta-feira (25/4) eram seis. A informação foi atualizada nesta nesta quinta (26) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Entre as unidades que estão sem vacina está o Centro de Vacinação Municipal (CMV), no Setor Pedro Ludovico. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda recebimento de mais vacinas da Secretaria Estadual de Saúde (SES). A pasta estadual, por sua vez, afirma que espera entrega das doses pelo Ministério da Saúde, que deve ocorrer somente na próxima semana.

A SMS também orienta que as pessoas dos grupos prioritários aguardem a chegada das novas doses e que toda a população continue seguindo as medidas preventivas para evitar a contaminação pelos vírus que causam a gripe.

Além do CMV, também enfrentam desabastecimento os Cais Novo Mundo, Amendoeiras, Finsocial e Bairro Goiá; os Centros de Saúde Parque Industrial João Braz e Balneário Meia Ponte; e os Centros de Saúde da Família Recanto das Minas Gerais, Leste Universitário, Recanto do Bosque, Jardim Primavera, Vera Cruz I, Vera Cruz II, Bairro São Francisco, Condomínio das Esmeraldas e Andreia Cristina.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.