Ivete Sangalo processa Google por notícia sobre risco de aborto de gêmeas

Ação chegou ao fim após acordo entre as partes

A cantora Ivete Sangalo conseguiu na Justiça que o Google Brasil retirasse do ar notícias sobre um suposto risco de aborto das gêmeas Marina e Helena.

As notícias foram publicadas em setembro do ano passado. De acordo com o processo analisado pela 8ª Vara Cível e Comercial de Salvador, a cantora teria sido “surpreendida com uma notícia estranha e inverídica, que lhe deixou, a um só tempo, chocada, revoltada e emocionalmente abalada”.

A ação teve fim após um acordo entre as partes. No entanto, antes da conciliação, o juiz chegou a determinar que as empresas retirassem os links do ar num prazo de 24h sob pena de multa de R$ 10 mil por dia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.