Ivete Sangalo barra a entrada do governador Witzel em seu camarim

Após o show de comemoração aos 50 anos do escritório Sérgio Bermudes Advogados, no Copacabana Palace, a cantora comunicou à produção que não queria recebê-lo

Foto: Divulgação.

Na comemoração de 50 anos do escritório Sérgio Bermudes Advogados, no Copacabana Palace, na última sexta-feira, 6, o governador Wiltson Witzel (PSC) pediu para ser levado até o camarim da cantora Ivete Sangalo. No entanto, a artista comunicou, através da produção, que não iria recebê-lo.

Segundo o site Conjur, a celebração comportou mais de 3.300 pessoas. Dentre elas, o presidente do TJ-RJ, Cláudio Mello Tavares, Paulo Henrique Cardoso, o ex-prefeito Eduardo Paes e o ex-ministro de Bolsonaro, Gustavo Bebbiano.

Na semana passada, Witzel já havia sido ignorado pelo jogador Gabigol, durante a final da Libertadores. O político está recebendo muitas críticas pelas medidas de segurança pública no Rio de Janeiro e foi, inclusive, denunciado na ONU (Organização das Nações Unidas) pelo que consideram uma “agenda genocida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.