Deputado nega ter vendido gasolina a R$ 6,99 na greve dos caminhoneiros

Iso Moreira alega “que o preço se manteve o mesmo” na ocasião

Deputado Iso Moreira, agora DEM | Foto: Marcos Kennedy

O deputado estadual Iso Moreira (DEM), que também é dono de um posto de combustível, enviou uma nota nesta segunda-feira (4/6), alegando que não cobrou R$ 6,99 pelo litro de gasolina, como informou o Jornal Opção no último sábado (2).

De acordo com o parlamentar, “o preço se manteve o mesmo”, apesar da greve dos caminhoneiros. O parlamentar alega que o combustível nunca foi comercializado a esse valor.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.