Ismael Alexandrino se filia ao PSD

Após diálogo com outras legendas da base do governo, ex-secretário de Saúde fecha com o partido comandado por Vilmar Rocha

Após anunciar a saída do comando da Secretaria Estadual de Saúde, ao longo da semana, Ismael Alexandrino filiou-se ao PSD em evento realizado pelo partido na manhã deste sábado, 2. Ao lado de Ismael, estiveram lideranças do partido, como o presidente da legenda, Vilmar Rocha, o presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira, e o governador Ronaldo Caiado (União Brasil).

“Disputamos o passe dele quase a tapa, mas tenho certeza que ele se identificou conosco e com nossos projetos políticos”, afirmou o presidente da Alego, Lissauer Vieira, que também se filiou ao partido recentemente. Antes de fechar com o PSD – filiando-se a um partido pela primeira vez – Ismael conversou com outras siglas, incluindo MDB, PP e União Brasil.

No PSD, o ex-secretário irá compor uma chapa que deve contar também com o deputado federal Francisco Júnior, o ex-deputado estadual Jean Carlo, o vice prefeito de Rio Verde Danillo Pereira e os vereadores Lucas Kitão (de Goiânia), Camila Rosa (de Aparecida) e Cártia Rodrigues (de Formosa), entre outros.

No início da semana, Ismael chegou a frustrar membros do próprio PSD, ao não se filiar no evento que anunciou a entrada de Lissauer Vieira na legenda. Na ocasião, a vereadora Camila Rosa (PSD)chegou a publicar felicitações ao secretário em suas redes sociais, pela possível filiação. Agora, Ismael confirma a filiação e, caso eleito, promete focar na saúde.

Médico, ele busca poder trabalhar para diminuir as burocracias e entraves que prejudicam o serviço à população. “A forma com que o partido é conduzido pelo presidente Vilmar Rocha, sempre buscando o diálogo, a moderação e a criação de consensos é uma característica muito forte do PSD”, disse Alexandrino. “Essa é também a minha postura e, se for eleito, quero levar isso para o Congresso Nacional: uma visão macro, a busca por diálogos e consensos para oferecer o melhor à população em geral”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.