Iristas voltam atrás e deixam mobilização para depois

Ato que vai pedir que Iris Rezende volte atrás em sua anunciada aposentadoria e saía candidato a prefeito de Goiânia foi adiado para semana que vem

Estava marcada para as 15 horas desta sexta-feira (8/7) a mobilização que iria pedir o fim da aposentadoria política de Iris Rezende (PMDB), “exigindo” que o decano reveja seu posicionamento e saia candidato a prefeito de Goiânia em 2016.

Peemedebistas chegaram a revelar ao Jornal Opção uma “intensa movimentação” no interior do Estado para trazer milhares de pessoas para convencer Iris a refluir da decisão de abandonar a vida pública.

Pontualmente às 15 horas, no entanto, o escritório de Iris Rezende, no Setor Marista, estava vazio e o trânsito na Avenida T-9 fluindo normalmente. Conforme apurou a reportagem, até segunda ordem, a mobilização ficou marcada para sexta-feira que vem, dia 15.

Segundo pessoas ligadas ao escritório do peemedebista, as “caravanas” do interior do Estado, que iriam pedir que Iris fosse candidato a prefeito da capital, não tiveram tempo hábil para se organizar, o que fez com que o evento fosse adiado.

Aos 82 anos, o ex-prefeito informou, por meio de carta divulgada nesta quarta-feira (6/7), que cumpriu seu papel político e encerrou sua carreira nas eleições de 2014.

Deixe um comentário