Iristas promovem o “volta Iris” nesta terça-feira, 13

Grupo argumenta que o nome do peemedebista é o único capaz de levar as eleições para o segundo turno e garantir mais chances à oposição

Iristas programam para esta terça-feira (13/5) à tarde o que denominaram de evento “volta Iris”, semelhante ao movimento encabeçado pelo PR há duas semanas com relação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A motivação seria a mesma que clama o retorno do petista: assim como no caso relativo ao pleito presidencial, Júnior Friboi não teria, conforme os pró-Iris, condições de vencer a disputa pelo governo de Goiás contra Marconi Perillo.

Esta é a segunda vez que o grupo força o nome do ex-prefeito como o cabeça de chapa e se dá num momento em que a primeira pesquisa eleitoral divulgada sem o nome do líder peemedebista apontou que se as eleições fossem agora, o governador Marconi Perillo (PSDB) teria muita facilidade em vencer no primeiro turno, sendo que sairia vitorioso no segundo em todos os cenários com seus prováveis adversários. O nome de Iris foi lembrado na espontânea por 6% dos entrevistados e ficou em segundo, depois do tucano, que obteve 17%. No levantamento espontâneo Friboi ficou em quarto, empatado com o petista Antônio Gomide (2%), sendo que em terceiro ficou Vanderlan Cardoso (PSB), com 3% de citações espontâneas.

Iris Rezende teve conversa na semana passada com Friboi, que chegou quase de surpresa no QG irista. O teor da reunião em si não foi divulgado, mas sabe-se que o neopeemedebista tem consciência da necessidade de se ter o nome do ex-prefeito na chapa majoritária para alavancar as possibilidades de vencer. Iris Rezende teria dito que aguardará as definições do partido antes de se posicionar, mas pessoas próximas defendem que ele não sairá ao Senado. Fiboizistas ventilam o contrário, que o líder não se omitiria. A chapa ideal para a ala pró-Iris seria o peemedebista na cabeça, Friboi na vice e Gomide, Ronaldo Caiado ou Vanderlan ao Senado.

E por falar em Vanderlan Cardoso, seu aliado Jorcelino Braga esteve reunido com Iris Rezende na manhã desta segunda-feira (12). Antes dele, esteve no QG irista um dos coordenadores da campanha de Friboi na região norte de Goiás, o advogado Robledo Resende.

A executiva estadual do PMDB se reuniu nesta manhã e foi definida a data das convenções partidárias: 30 de junho, prazo máximo, o que indica que podem haver reviravoltas no próximo um mês e meio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.