Iris deve anunciar candidatura oficial na tarde de quinta-feira com a presença de Michel Temer e Valdir Raupp, em Goiânia

Com informações de Ketllyn Fernandes

Pronunciamento será em local ainda não definido. Inicialmente, cogitou-se que ele havia escrito carta à mão sobre posicionamento, o que foi descartado por Samuel Belchior

Ex-governador não para reunião no diretório do PMDB e enviou carta dizendo que se pronunciará no próximo dia 9. Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Anúncio oficial de candidatura deve ser feito no final da tarde de quinta-feira com a presença de Michel Temer e Valdir Raupp. Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O anúncio oficial sobre o retorno da pré-candidatura de Iris Rezende (PMDB) ao governo estadual deve ser feito na quinta-feira (5/6), em evento que pode contar com a presença de integrantes nacionais da sigla, como o presidente nacional do partido, senador Valdir Raupp, e o vice-presidente da República, Michel Temer.

A presença de Temer e Raupp está sendo encarada como uma forma de manter a aliança entre PMDB e PT em Goiás, o que na visão do presidente estadual, deputado Samuel Belchior, é encarado com certa dificuldade diante do posicionamento dos delegados na reunião da última segunda-feira (3), quando foi imposto uma espécie de prazo para o PT goiano no sentido de manter a aliança local e assim evitar voto em bloco contrário à manutenção do apoio a nível nacional.

Iris Rezende era aguardado hoje na sede do diretório do partido, que contava com a presença de militantes e de muitos jornalistas, no Setor Aeroporto, em Goiânia. Inicialmente, o ex-prefeito tinha convocado a reunião com a executiva. No entanto, o líder não compareceu, pois está retornando de sua propriedade rural no Mato Grosso. A expectativa é que ele passe a tarde de hoje em seu QG político para intensificar articulações políticas até quinta-feira. A intenção é retornar ao cenário político com avanços na composição da chapa.

Inicialmente, correu o comentário por parte de dois peemedebistas que o ex-prefeito da  havia escrito uma carta a punho falando sobre seu posicionamento oficial. Porém, a informação foi negada nesta manhã em entrevista coletiva de Samuel Belchior.

Um clima de suspense ficou no ar na sede do PMDB, já que comentou-se que o nome do candidato a vice-governador poderia ser divulgado ainda hoje, pela tarde. Nos bastidores, também foi dito que Iris Rezende só aceitaria a candidatura se uma chapa forte fosse montada. Mas a visão dos peemedebistas é a de que o próprio Iris deverá estar neste processo de composição da majoritária.

Entre os presentes no local estavam os fiéis apoiadores José Nelto e Mauro Miranda, ex-deputado, e o vereador goianiense Mizair Lemes Júnior, além do deputado Bruno Peixoto.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.