Iris estuda desarquivar projeto de reforma da Previdência dos servidores municipais

Vereador da base do prefeito diz que discutir a emenda com servidores pode ser a solução

O vereador Tiãozinho Porto (Pros) | Foto: Alberto Maia

O vereador Tiãozinho Porto (PROS) disse ao Jornal Opção que o prefeito Iris Rezende (MDB) pode definir nesta segunda-feira (11/6) se volta com o projeto da previdência, arquivado no último dia 23 pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara.

De acordo com o parlamentar, o projeto é o foco do prefeito e, mesmo que os vereadores tenham arquivado, pode haver outra tentativa de aprovação. “Estamos tento muito cuidado, conversando com a oposição, mostrando que o prefeito não quer prejudicar ninguém” disse Tiãozinho.

“Discutir a emenda é a solução. Discutir com os servidores, com sindicatos, com secretários, com todos, arquivar o projeto apenas por causa de uma emenda não é a maneira mais fácil de lidar com isso. Na segunda resolveremos tudo”, disse o vereador, que acredita que desarquivar o projeto não é ser contra o servidor.

Arquivamento

Desde que chegou à Casa, a proposta do prefeito de reestruturação do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPSM) tem causado polêmica pois estabelecia uma aumento na alíquota de contribuição de 11% para 14% e permitia o uso de recursos da dívida ativa do município e de venda de áreas municipais para equilibrar as contas do instituto, entre outras medidas.

A relatora justificou o arquivamento argumentando que a proposta é inconstitucional e que existia indicativo de que o Paço pediria a retirada do projeto, o que acabou não acontecendo.


Notice: Tema sem comments.php está obsoleto desde a versão 3.0.0 sem nenhuma alternativa disponível. Inclua um modelo comments.php em seu tema. in /home/forge/www.jornalopcao.com.br/public/wp-includes/functions.php on line 4722

Uma resposta para “Iris estuda desarquivar projeto de reforma da Previdência dos servidores municipais”

  1. Manoel disse:

    esse Prefeito não tem jeito mesmo, só quer tirar ainda mais dos funcionários, ele tem quê ter vergonha nessa cara dele.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.