Iris estuda desarquivar projeto de reforma da Previdência dos servidores municipais

Vereador da base do prefeito diz que discutir a emenda com servidores pode ser a solução

O vereador Tiãozinho Porto (Pros) | Foto: Alberto Maia

O vereador Tiãozinho Porto (PROS) disse ao Jornal Opção que o prefeito Iris Rezende (MDB) pode definir nesta segunda-feira (11/6) se volta com o projeto da previdência, arquivado no último dia 23 pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara.

De acordo com o parlamentar, o projeto é o foco do prefeito e, mesmo que os vereadores tenham arquivado, pode haver outra tentativa de aprovação. “Estamos tento muito cuidado, conversando com a oposição, mostrando que o prefeito não quer prejudicar ninguém” disse Tiãozinho.

“Discutir a emenda é a solução. Discutir com os servidores, com sindicatos, com secretários, com todos, arquivar o projeto apenas por causa de uma emenda não é a maneira mais fácil de lidar com isso. Na segunda resolveremos tudo”, disse o vereador, que acredita que desarquivar o projeto não é ser contra o servidor.

Arquivamento

Desde que chegou à Casa, a proposta do prefeito de reestruturação do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais (IPSM) tem causado polêmica pois estabelecia uma aumento na alíquota de contribuição de 11% para 14% e permitia o uso de recursos da dívida ativa do município e de venda de áreas municipais para equilibrar as contas do instituto, entre outras medidas.

A relatora justificou o arquivamento argumentando que a proposta é inconstitucional e que existia indicativo de que o Paço pediria a retirada do projeto, o que acabou não acontecendo.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Manoel

esse Prefeito não tem jeito mesmo, só quer tirar ainda mais dos funcionários, ele tem quê ter vergonha nessa cara dele.