“Iris fez a pior gestão da história da segurança pública de Goiás”, diz José Eliton

Para o vice-governador, campanha do PMDB em Goiânia traz dados inverídicos sobre Segurança Pública

Titular da SSPAP, vice-governador José Eliton | Foto: Wildes Barbosa

Titular da SSPAP, vice-governador José Eliton | Foto: Wildes Barbosa

O secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária de Goiás e vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB) se voltou às redes sociais na última quarta-feira (19/10) para responder “ataques caluniosos” veiculadas pela campanha de do candidato à Prefeitura de Goiânia Iris Rezende (PMDB).

“Ele promove a campanha caluniosa e de mais baixo nível de que se tem notícia nas disputas eleitorais”, afirmou ao comentar as propostas e informações divulgadas pela campanha sobre Segurança Pública.

“Como ex-governador de Goiás e eterno candidato, Iris tem o dever de tratar o complexo tema da segurança com responsabilidade e espírito público. É lamentável que se utilize de forma eleitoreira de um assunto tão sensível para a população de Goiás”, comentou.

De acordo com José Eliton, secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, na gestão de Iris Rezende no governo do Estado “não havia qualquer política de valorização das polícias; as corporações eram as mais mal remuneradas do País; o efetivo utilizava armamento de segunda mão, os famigerados revólveres carioquinhas; a frota era composta por veículos sucateados e permanentemente sem combustível”.

A peça de campanha afirma que Goiânai é a 29ª cidade mais violenta do mundo, ao que o secretário respondeu que essa informação não advém de “Nenhum organismo sério ou minimamente respeitável divulgou tal informação. Ao contrário, o Mapa da Violência e o Anuário da Segurança destacam que nenhum dos 246 municípios goianos se encontra entre os 50 (cinquenta) mais violentos do País, o que por si demonstra a leviandade e mentira da informação veiculada.”

A campanha de Iris também afirma que Goiânia observa recorde de homicídios. Contra o isso, o titular da pasta de Segurança Pública do Estado mostrou números que mostram uma realidade diferente.

Segundo os dados que apresentou, na comparação entre setembro deste ano e igual período de 2015, em Goiânia o número de homicídios teve queda de 25,45%. Houve ainda redução nos casos de furtos a transeuntes (-40,37%); furtos em comércio (-33,84%); furtos de veículos (-29,77%); estupros (-28,57%); roubos de veículos (-19,91%); tentativas de homicídios (-11,94%); roubos a transeuntes (-10,45%); e furtos em residências (-8,4%).

“Como se vê, o único objetivo de Iris é conquistar o poder, nem que para isso tenha que exaltar a violência e tirar a paz dos cidadãos de bem que trabalham para alimentar e educar seus filhos”, diz o vice-governador. “Nosso dever, como administradores públicos sérios e comprometidos com os interesses maiores da população, é repudiar esse tipo de postura, na esperança de que um dia a prática política do sr. Iris seja pautada pela verdade e não pela mentira”, afirma.

Confira publicação na íntegra:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.