Iphan solicita que Prefeitura de Goiânia suspenda obras do BRT em trecho da Avenida Goiás

Reunião agendada com Iphan irá discutir forma de dar prosseguimento às obras sem danificar Patrimônios Históricos

Obras na Avenida Goiás para o BRT / Foto: Divulgação

 

O Iphan solicitou à Prefeitura de Goiânia para que as obras do BRT na Avenida Goiás, entre as Ruas 82 e 1 seja paralisada. Segundo o órgão. O motivo do pedido é que com o avanço das obras, houve um desplacamento da Torre do Relógio. As trepidações causadas pelos maquinários pesados podem ter contribuído para o agravamento do estado de conservação do bem, que está na lista de conservação pelo Iphan.

O pedido é de que as obras do BRT fiquem suspensa até que o Instituto faça uma análise específica do dano causado. O objetivo também é prevenir outros agravos a bens tombados pela União no Estado de Goiás, localizados especificamente na Av. Goiás e Praça Cívica.

Resposta

Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços (Seinfra) informou,  que as obras para a construção do corredor do BRT e da rede de drenagem na Avenida Goiás seguem conforme estabelecido em acordo com o Iphan. A obras ainda não chegaram na altura do Relógio. Atualmente, se encontra entre a Avenida Anhanguera e a Rua 1.

Com as intensas chuvas diárias na capital, os serviços que envolvem movimento de terra estão suspensos temporariamente. Sobre as áreas de embarque e desembarque no BRT na área da Praça Cívica, ainda está em processo de elaboração do projeto para que seja discutido com o Iphan a forma de execução sem prejuízo dos Patrimônios Históricos do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.