IPCA apresenta maior queda para o mês de junho desde 2006 em Goiânia

Combustíveis puxaram redução do índice, enquanto o grupo de alimentação e bebidas apresentou alta

Foto: Reprodução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quarta-feira, 10, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA/INPC. Em junho, Goiânia registou recuo, e apresenta a maior queda no índice para o mês desde 2006.

De acordo com os dados, a gasolina tem a maior queda para o mês de junho desde 2011, enquanto o Etanol tem a maior queda para o mês desde 2015. Já a alimentação fora do domicílio puxou a alta do IPCA, subindo 1,38% em Goiânia, no período analisado.

A variação mensal nacional do IPCA permaneceu estável em 0,01%, registrando variação acumulada de 2,23% no ano e de 3,37% nos últimos 12 meses. As variações negativas foram registradas nos setores de Transportes: -1,44%; Vestuário: -0,20%; e Habitação: -0,07%.

As maiores altas, por sua vez, ocorreram nos grupos Saúde e cuidados pessoais: 0,54%; Alimentação e bebidas: 0,46%; Educação: 0,38%; e Despesas pessoais: 0,28%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.