Internautas e famosos repercutem jovem morto por segurança no RJ

Notícia se tornou assunto mais comentado na internet nesta sexta-feira, 15

Um jovem morreu após ser imobilizado de forma brutal por um segurança do hipermercado Extra, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira, 14.

Pedro Gonzaga, de 25 anos, teria tentado roubar a arma do segurança, quando foi derrubado por ele em um “mata-leão”, mas familiares negaram e disseram que jovem tinha problemas mentais.

O assunto se tornou o mais comentado do dia na internet. A cantora Zélia Duncan, influenciadores e milhares de internautas publicaram mensagens sobre o ocorrido. Confira:

Sobre o caso

O Corpo de Bombeiros informou que o encaminhou, ainda com vida, o jovem para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, após uma parada cardiorrespiratória. Em atendimento, Pedro foi ressuscitado, mas teve outras duas paradas e faleceu às 15h10.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que as testemunhas foram conduzidas a prestar depoimento na 16ª DP (Barra da Tijuca). 

O segurança, preso em flagrante, deixou a Delegacia de Homicídios da capital na madrugada desta sexta-feira, 15 depois de pagar fiança. Ele foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Posicionamento do Extra

Em nota, o supermercado Extra, que pertence ao Grupo Pão de Açúcar, afirmou que repudia atos de violência em suas lojas e que abriu uma investigação interna para apurar o caso. Inicialmente, segundo a empresa, foi constatado que “se tratou de uma reação à tentativa de furto a arma de um dos seguranças da unidade da Barra da Tijuca”. Informou ainda que os seguranças envolvidos foram afastados.



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Alex

Morreu por estar querendo praticar ato ilícito. Se tivesse roubado a arma , quem teria morrido seria apgum cliente ou o segurança. Bem feito e estes pseudo artistas que se lasquem. Não são donos da razão.