Instituto Lula recebeu R$ 3 milhões da Camargo Corrêa

Empreiteira também repassou R$ 1,5 milhão para a L.I.L.S. Palestras, empresa do ex-presidente. É a primeira vez que o nome dele aparece nas investigações da Lava Jato

sdfdasf | Foto: Divulgação Instituto Lula

Instituto justificou os valores recebidos como sendo pagamentos de conferências realizadas pelo ex-presidente | Foto: Divulgação Instituto Lula

A Polícia Federal revelou, nesta quarta-feira (10), que a Camargo Corrêa, uma das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato, repassou, entre 2011 e 2013, R$ 4,5 milhões a uma empresa e uma entidade ligadas ao ex-presidente Lula. Ao Instituto Lula, a companhia doou R$ 3 milhões. À L.I.L.S. Palestras, empresa de Lula, a Camargo Corrêa pagou R$ 1,5 milhões.

As informações são parte de uma das apurações da PF na Lava Jato, que investiga os casos de corrupção na Petrobrás. O laudo 1047/2015 é o primeiro a tratar do ex-presidente na operação e registrou os dados encontrados na perícia na contabilidade da Camargo Corrêa entre 2008 a 2013. No mesmo período, a empresa repassou R$ 183 milhões a políticos e partidos.

A L.I.L.S. recebeu estes R$ 1,5 milhões em três transações, uma em 2011, outra em 2012 e uma terceira 2013. Com valores de R$ 337 mil, R$ 815 mil e R$ 375 mil, duas delas são identificadas pela Camargo Corrêa como doações e contribuições. No entanto, o repasse de 2012 foi caracterizado como “bônus eleitoral”, o que causou desconfiança nos agentes da PF.

Justificativas

O Instituto Lula afirmou que o rótulo de bônus eleitoral é resultado de algum equívoco. Segundo a entidade, a emissão de bônus eleitoral é “prerrogativa de partidos políticos” e não deles. Acrescentou ainda que o Instituto “não prestou nenhum serviço eleitoral”. Sobre os valores recebidos, alegou que eles se referem à  a quatro conferências, formalizadas em contratos, promovidas por Lula.

Já a Camargo Corrêa disse que as doações ao Instituto Lula foram um “apoio institucional”. Acerca dos valores pagos à L.I.L.S., afirmou que eles se referem ao patrocínio de palestras de Lula fora do país.

 

2 respostas para “Instituto Lula recebeu R$ 3 milhões da Camargo Corrêa”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Vocês, reaças, não perdem por esperar: Lula vai explicar tim tim por tim tim esta doação.

    Logo após ele explicar a Rose Noronha.

  2. Avatar Maria Jose dos Santos Rêgo disse:

    Resposta ao jornal O Estado de S. Paulo sobre doações ao Instituto Lula

    Recebemos nesta terça-feira (9), do jornal O Estado de S. Paulo, às
    17h14 com prazo de resposta até as 19h30, às perguntas abaixo. Segue a
    íntegra da resposta e depois as perguntas enviadas pelo jornal.

    “Os valores citados no seu contato foram doados para o Instituto Lula
    para a manutenção e desenvolvimento de atividades institucionais,
    conforme objeto social do seu estatuto, que estabelece, entre outras finalidades,
    o estudo e compartilhamento de políticas públicas dedicadas à
    erradicação da pobreza e da fome no mundo. A Camargo Corrêa já
    manifestou publicamente que apoiou o Instituto, em resposta a matéria de
    2013 da Folha de S. Paulo:
    http://www1.folha.uol.com.br/…/1250451-instituto-diz-que-ob….

    Os três pagamentos para a LILS são referentes a quatro palestras feitas
    pelo ex-presidente, todas elas eventos públicos e com seus respectivos
    contratos.
    O Instituto Lula não prestou nenhum serviço eleitoral,
    tampouco emite bônus eleitorais, o que é uma prerrogativa de partidos
    políticos, portanto deve ser algum equívoco.
    Essas doações e pagamentos foram devidamente contabilizados, declarados e recolhidos os impostos devidos.
    As doações ao Instituto Lula e as palestras do ex-presidente não têm nenhuma relação com contratos da Petrobrás.”

    Assessoria de Imprensa do Instituto Lula

    Perguntas enviadas pelo jornal O Estado de S. Paulo

    1) A que se referem os pagamentos da empresa Camargo Corrêa para o
    Instituto Lula e para o LILS? Que serviços eleitorais o Instituto
    prestou?
    2) Os serviços prestados pela LILS são referentes a palestras do ex-presidente Lula? Há registros?
    3) Por que o Instituto Lula emite bônus eleitorais como em 2012?
    4) Os serviços prestados têm relação com contratos da Petrobrás?
    5) As doações/contribuições/bônus pagos têm relação com o PT?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.