Instituições goianas de ensino superior avançam em pesquisa que pode melhorar a prevenção contra a Covid-19

Grupo de voluntários pode se apresentar na área IV da PUC Goiás a partir desta sexta-feira

A pesquisa sobre imunidade treinada, agora estuda a eficácia da vacina de influenza, usada geralmente na prevenção à gripe, no treinamento de resposta imunológica contra a Covid-19. O estudo é uma parceria entre a Faculdade da Polícia Militar (FPM), a universidade Radboud University Medical Center dos Países Baixos e a Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás).

A próxima fase do trabalho vai ser testar se a vacina da gripe é eficaz contra o coronavírus e deve ocorrer na Área IV da PUC Goiás, a partir desta sexta-feira, 12. O estudo já detém autorização do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade da Polícia Militar (CEP/FPM) e, portanto, é habilitado para realizar o acompanhamento das pesquisas científicas que envolvem seres humanos. 

Para participar da pesquisa, os voluntários precisam ter entre 18 e 60 anos de idade e não terem testado positivo para Covid-19. Parte dos colaboradores espontâneos vão receber a vacina contra H1N1, enquanto a outra parcela receberá uma vacina placebo, sendo que quem receber este poderá se vacinar posteriormente. 

Os interessados em participar da pesquisa, mas que se vacinaram contra gripe influenza nos últimos dois meses, poderão colaborar por meio do preenchimento de um questionário (que leva cerca de 10 minutos para ser preenchido), mediante a apresentação do cartão de vacinação. 

Critérios

Para participar da pesquisa, foi levantado uma série de parâmetros. Serão selecionados voluntários em perfeito estado de saúde e que não apresentem os seguintes quadros:

• Ter menos de 18 e acima de 60 anos de idade

• Alergia conhecida a (componentes das) vacinas Influenza e Tríplice Viral ou eventos adversos graves à administração anterior;

• Febre (> 38º C) nas últimas 24 horas;

• Gravidez (também sendo recomendado às participantes que se voluntariaram que evitem a gravidez por um mês após vacinação);

• Suspeita de infecção viral ou bacteriana ativa;

• Vacinação para influenza nos últimos 2 meses;

• Diagnóstico de COVID-19 confirmado;

• Pessoas com algum tipo de linfoma ou neoplasia maligna ou que tiveram nos dois anos anteriores;

• Profissionais com envolvimento direto, na concepção ou execução, deste estudo;

• Pessoas que tenham tido registrado ausência do trabalho de ≥ 4 das 12 semanas seguintes devido a qualquer motivo (férias, licença maternidade, aposentadoria, cirurgia planejada, etc).

Serviço:

Dias: 12, 16 e 17 de novembro, das 7h às 12h e das 13h30 às 17h.

Local: Área IV – PUC Goiás (Hall do Bloco G / Clínica Veterinária)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.