Apesar dos vários pontos na cabeça, garoto foi levado ao Instituto Médico Legal, após receber alta médica, onde passou por exames que poderão atribuir ao pai o crime de tortura

Faca utilizada no crime / Foto: Reprodução

Um homem foi preso após escalpelar uma criança de 10 anos de idade na cidade de Planaltina (DF). Tudo aconteceu após o pai supostamente não gostar do corte de cabelo do garoto e resolver castigá-lo.

Usando um facão, o pai cortou parcialmente o couro cabeludo da criança que precisou ser socorrida por uma equipe médica e passar por uma cirurgia de reparação.

Apesar dos vários pontos na cabeça, o garoto foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), após receber alta médica, onde passou por exames que poderão atribuir ao pai o crime de tortura.

O homem foi preso preventivamente pela equipe policial após desacato, desobediência e resistência à prisão. Segundo a legislação vigente, constitui crime de tortura o ato de submeter alguém, sob sua guarda, poder ou autoridade, com emprego de violência ou grave ameaça, a intenso sofrimento físico ou mental, como forma de aplicar castigo pessoal ou medida de caráter preventivo.

A pena para esse tipo de crime é aumentada de um sexto até um terço se a violência é cometida contra contra criança, gestante, portador de deficiência, adolescente ou maior de 60 anos.