Iniciadas obras para abertura de rotatória próxima aos Correios da Vila Brasília

Orientação é para que os condutores, nesses dez dias de obras, procurem vias alternativas na região

Foto: Divulgação

Com objetivo de melhorar a fluidez do trânsito entre Aparecida de Goiânia e a capital, tiveram início na manhã desta segunda-feira, 15, as obras de abertura da rotatória que liga as avenidas Rio Verde, São Paulo, 4ª Radial e Transbrasiliana, no limite urbano entre as duas cidades.

A rotatória que fica próxima ao Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas dos Correios, na Vila Brasília, será substituída por cruzamento e receberá microrrevestimento do asfalto, implantação de sistema semafórico, placas de advertência e regulação e faixas de pedestres. A intervenção no eixo deve durar 10 dias.

A mudança visa promover maior trafegabilidade no limite urbano entre os municípios e está sendo feita de acordo com o projeto do novo sistema viário, elaborado pela Prefeitura de Goiânia e discutido com a administração municipal de Aparecida.

A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) de Aparecida fará a parte de microrrevestimento do asfalto e a Seinfra de Goiânia, o serviço de preparo das pistas de rolamento. A obra estruturante de mobilidade vai custar aproximadamente R$ 300 mil.

Infraestrutura

O secretário de Infraestrutura de Aparecida, Mário Villela, garante que a intervenção estruturante irá facilitar o o fluxo de veículos na região. “Dia 26 de julho está prevista a inauguração do viaduto da Avenida São Paulo e, por isso, essa rotatória será cortada para que tenhamos um trafego mais facilitado nessa região da Vila Brasília”.

Segundo o secretário de Infraestrutura da capital, Dolzonan Mattos, a substituição da rotatória por cruzamento semaforizado contemplará o trânsito dos dois municípios. “Essa é uma obra que atende o interesse comum das duas cidades. Vamos abrir essa rotatória e fazer uma espécie de uma cruz. Desenvolvemos esse projeto provisório para atender a necessidade da região, onde a rotatória já não resolve mais”, afirmou o secretário ao destacar que ainda neste ano será licitado o trecho primeiro do BRT, que vai do Terminal Izidória até o Terminal Cruzeiro”, afirmou.

Mudanças no trânsito

A obra será acompanhada por agendes de trânsito sem interdição total das vias. Cerca de oito semáforos, com dois tempos, serão instalados no eixo para organizar o trajeto dos condutores e pedestres.

De acordo com o secretário executivo de Mobilidade de Aparecida, Avelino Marinho, um dos principais objetivos da retirada da rotatória é evitar congestionamento, tendo em vista que a liberação do viaduto na Av. São Paulo está prevista para o dia 26 de julho. “A orientação é para que os condutores, nesses 10 dias de obras, procurem vias alternativas na região. A proposta, inicialmente, não prevê interdição total das avenidas”, alertou o secretário ao sublinhar que o cruzamento será liberado antes da inauguração do viaduto.

“Para o condutor que estiver na 4ª Radial com direção a BR-153, vai virar a direta na Avenida Transbrasiliana, fazer o retorno e seguir com destino a rodovia. O motorista que estiver na Avenida Rio Verde com destino a Avenida Transbrasiliana, vai entrar a direta pela Avenida São Paulo, fazer o retorno, passar pelo cruzamento e descer a Avenida Transbrasiliana”, explicou o secretário de Mobilidade, Trânsito, Transporte e Mobilidade de Goiânia, Fernando Santana.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.