Ingresso de novos eleitores entre 16 e 18 anos bate recorde neste ano

Tribunal Superior Eleitoral comemora alta de 47,2% na quantidade desse público, em comparação a 2018 

Dados eleitorais deste ano mostram que o Brasil ganhou mais 2.042.817 novos eleitores entre 16 e 18 anos, entre janeiro e abril. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o aumento foi de 47,2% em relação ao mesmo período de 2018, ano que também ocorreram eleições para presidente da República, Congresso Nacional, Governos Estaduais e Assembleias Legislativas. 

O presidente da Corte, ministro Edson Fachin, considerou um marco histórico no número de jovens que emitiram os títulos de eleitor. Para ele, a juventude brasileira foi convocada a participar das eleições em outubro, e a resposta foi impressionante para todos. Em março foram registrados 522.471 novos eleitores de 16 a 18 anos e em abril, 991.415, representando um aumento de 89,7% quando comparado ao mês anterior.

Dentre as ações que contribuíram para esse resultado estão as campanhas massivas nas redes sociais. O Tribunal chegou a fechar parceria até com o Kwai – aplicativo de criação e compartilhamento de vídeos curtos – para atingir o público. Assim também, como todos os anos, desde 2015, o TSE e todos os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) promoveram também a Semana do Jovem Eleitor 2022. 

Outra iniciativa foi a resolução da Corte em permitir que eleitores com 15 anos tirem o título, no entanto, podendo votar apenas aqueles jovens que completem 16 anos até o dia do primeiro turno das eleições, isto é, 2 de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.