Indígenas pedem “Fora, Temer” em protesto na UFG

Grupo fez manifestação na manhã desta quarta-feira (13/7) no Câmpus Samambaia, no Conjunto Itatiaia, contra o presidente interino da República

Indígenas fizeram caminhada pela unidade da UFG e se posicionaram contra o governo interino de Michel Temer (PMDB) | Foto: Mirna Anaquiri

Indígenas fizeram caminhada pela unidade da UFG e se posicionaram contra o governo interino de Michel Temer (PMDB) | Foto: Mirna Anaquiri

Um grupo de índios da Licenciatura Intercultural Indígena da Universidade Federal de Goiás (UFG) realizou uma manifestação na manhã desta quarta-feira (13/7) no Câmpus Samambaia da UFG. Os participantes do protesto se posicionaram contra o presidente interino da República Michel Temer (PMDB).

Com gritos de “Fora, Temer”, os alunos indígenas da UFG caminharam pela unidade da UFG até o Núcleo Takinahakỹ de Formação Superior de Professores Indígenas da instituição, no Conjunto Itatiaia, em Goiânia. Pelo vídeo postado no Instagram, é possível ver mais de 50 pessoas na manifestação com chocalhos e cartazes em defesa da democracia e contra o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

Segundo os participantes do protesto, etnias indígenas, entre famílias, alunos da UFG e filhos, como as Xavante, Awe Uptabe, Kambeba, Omaguá, Tapuia, Karajá, Kamaiwrá, Kuikuro, Krikati, Kalapalo, Waurá estiveram presentes na manifestação da manhã desta quarta-feira no Câmpus Samambaia. “Tinha bastante gente”, disse Mirna Anaquiri, da etnia Kambeba Amaguá, que participou do ato.

O protesto também incluiu cartazes contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição número 215 de 2000 (PEC 215/00), em tramitação na Câmara dos Deputados, que retira do Executivo e determina que passa a ser função exclusiva do Legislativo a demarcação de terras indígenas, de autoria do então deputado federal Almir Morais Sá (PPB-RR), que tramita como substitutivo do relator da PEC, o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR).

Diz o resumo da PEC 215/00: “Ementa: Acrescenta o inciso XVIII ao art. 49; modifica o § 4º e acrescenta o § 8º ambos no art. 231, da Constituição Federal. Explicação da Ementa: Inclui dentre as competências exclusivas do Congresso Nacional a aprovação de demarcação das terras tradicionalmente ocupadas pelos índios e a ratificação das demarcações já homologadas; estabelecendo que os critérios e procedimentos de demarcação serão regulamentados por lei”.

A PEC 215/00 foi aprovada como substitutivo de Osmar Serraglio em novembro de 2015 na Comissão Especial da Demarcação das Terras Indígenas e está na Coordenação de Comissões Permanentes da Câmara desde então. Saiba mais sobre a Proposta de Emenda à Constituição.

O momento em que os índios caminham pelo Câmpus Samambaia foi registrado em vídeo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.