Índice de Confiança do Empresário Industrial segue em em nível elevado, diz Fieg

ICEI Goiás registra 61,6 pontos em novembro, indicando que setor industrial segue confiante na retomada da atividade produtiva. “Resultado remete ao mesmo nível de antes da pandemia de Covid-19”, diz assessor econômico da Fieg

Indústrias goianas | Foto: Reprodução

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) divulgou, nesta semana, números atualizados do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI). Após alta crescente nos últimos cinco meses, após o indicador recuar ao mais baixo nível da série histórica nos meses de abril e maio, o ICEI manteve-se estável em novembro, com pequena variação negativa de 0,55 pontos em relação ao mês anterior, fechando em 61,6 pontos.

Mesmo com a pequena retração, o índice segue em nível elevado de confiança, acima dos 60 pontos e apenas 1,3 pontos abaixo do apurado nacionalmente. De acordo com o assessor econômico da Fieg Cláudio Henrique Oliveira, o resultado remete ao mesmo nível de antes da pandemia de Covid-19.

“Essa boa performance sinaliza para uma retomada segura e com avanços ainda neste ano e indica ambiente favorável à realização de investimentos no próximo ano”, avalia.

Em novembro, o Indicador de Expectativas chegou a 63,5 pontos, com destaque para as empresas de grande porte, que atingiram 65 pontos. O resultado indica que a confiança nos próximos seis meses está ainda mais disseminada.

O Indicador de Condições, que avalia a atual conjuntura de negócios, permanece apresentando resultados favoráveis, acima dos 50 pontos. O índice fechou em 57,7 pontos em novembro, registrando expansão de 1,3 ponto em relação a outubro. O resultado expressa a percepção que os empresários têm do atual momento em relação aos últimos seis meses.

“É visível que todos os setores estão confiantes. Acreditamos numa consolidação desse crescimento já para o fim de ano, com elevação das compras natalinas”, destaca o economista Cláudio Henrique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.