Igrejas e templos de Goiânia devem seguir protocolo rígido de segurança, cobra Prefeitura

Flexibilização atual permite realização de cultos ou rituais dois dias por semana. Regras incluem limite no número de fiéis

Com a atualização das regras de distanciamento social em Goiânia, regido pelo último decreto de flexibilização, as celebrações religiosas da capital agora podem ser realizadas em dois dias da semana. Apesar da ampliação, o Paço afirma que será necessário seguir os protocolos de segurança estabelecidos pela gestão municipal.

De acordo com o Decreto N•1.187, será obrigatório que uma das atividades aconteça no domingo. No caso dos sabatistas aos sábados. Entre as novas medidas, estão as alternâncias de horários e intervalos de no mínimo duas horas entre uma celebração e outra, evitando aglomerações internas e nas proximidades dos templos.

Além disso está proibido a entrada de fiéis sem a máscara de proteção facial, ficando estabelecido ainda limitação em 30% da capacidade máxima do local. A igrejas ou templos terão que ter produtos para higienização das mãos e calçados em todas as entradas. 

Outro medida divulgada no decreto é a medição da temperatura dos fiéis, ficando proibido o acesso de quem apresentar quadro febril. (Com informações da Assessoria da Prefeitura)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.