IBGE indica aumento na produção industrial de Goiás em maio

Análise da Fieg atribui balanço positivo ao crescimento da indústria de transformação. Comparado ao mesmo período do ano anterior, crescimento foi de 13,9%

Foto: reprodução

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados nesta sexta-feira, 12, que apontam queda em 8 dos 15 estados pesquisados em maio deste ano. Os números fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), que analisa os indicadores de curto prazo relativos ao comportamento do produto real das indústrias extrativa e de transformação.

Apesar de o apontamento geral indicar cenário negativo, em Goiás houve crescimento. O Estado foi o terceiro que mais cresceu em relação ao mês anterior do levantamento, com incremento de 1,6% na produção industrial. Com relação a maio do ano anterior, o crescimento goiano foi de 13,9%. No acumulado do ano, a taxa é de 3,2%; porém o resultado segue negativo em -2,5%, quando analisado os últimos 12 meses.

Na análise da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) o aumento de 13,9% na produção industrial foi reflexo do crescimento da indústria de transformação destacando os setores: fabricação de outros produtos químicos, com a maior produção de adubos e fertilizantes; fabricação de produtos de minerais não metálicos, com aumento na fabricação de cimentos e massa de concreto; e fabricação de veículos automotores.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.