IBGE aponta redução do número de pessoas rigorosamente isoladas durante pandemia

Coordenadora da pesquisa explica que os dados refletem uma flexibilização do isolamento por parte da população. Grupo apresenta aumento pela terceira semana consecutiva

Foto: Reprodução/Internet

O Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE) divulgou que o número de pessoas rigorosamente isoladas diminuiu em 2,8 milhões da segunda para a terceira semana de agosto, passando de 44,4 para 41,6 milhões, de acordo com a edição semanal da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Covid-19).

Conforme mostrado pela Agência IBGE Notícias a pesquisa também estimou em 4,5 milhões a população que não fez restrição na semana de 16 a 22 de agosto. O número representa estabilidade quando comparado à semana anterior.

No mesmo período, houve um aumento de 1,9 milhão no número de pessoas que reduziram o contato, mas continuaram saindo ou recebendo visitas. Em entrevista à Agência, a coordenadora da pesquisa, Maria Lúcia Vieira, explicou que os dados apontam para uma flexibilização do isolamento por parte da população.

“De alguma forma, as pessoas estão flexibilizando as medidas de isolamento social, uma vez que aumenta o percentual de pessoas que estão tendo medidas menos restritivas e diminui o percentual daquelas que aplicam medidas mais restritivas de isolamento“, explica.

Esse grupo vem aumentando pela terceira semana seguida. Da primeira para a segunda semana de agosto, 2,9 milhões de pessoas a mais afirmaram ter reduzido o contato, embora continuassem saindo ou recebendo visitas. Já a população que ficou em casa e só saiu por necessidade básica se manteve estável na terceira semana de agosto. São 87,6 milhões de brasileiros nessa situação. Veja a ilustração:

Fonte: Agência IBGE Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.