Humorista Marcos Bazzar é vaiado ao chamar PT de “corja” em show

Conhecido pela personagem Ada Furadan, ele apresentava a segunda noite do Go Rock e Afins! quando resolveu fazer uma piada sobre o ex-presidente Lula e seu partido

Humorista Marcos Bazzar subiu ao palco no Centro Cultural Oscar Niemeyer para apresentar o show da cantora Ana Cañas e foi vaiado até sair de cena | Foto: Reprodução/Instagram

Humorista Marcos Bazzar subiu ao palco no Centro Cultural Oscar Niemeyer para apresentar o show da cantora Ana Cañas e foi vaiado até sair de cena | Foto: Reprodução/Instagram

O ator, radialista e humorista Marcos Bazzar foi escalado para apresentar, do palco, as atrações da segunda noite do Go Rock e Afins!, no sábado (30/4), na Esplanada JK do Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON). Era cerca de 0h30 da madrugada de domingo (1º/5) quando ele assumiu o microfone para anunciar a atração principal, a cantora paulistana Ana Cañas.

Enquanto os músicos terminavam de acertar o som para começar o show, o humorista se apresentou ao público e resolveu contar uma piada, que começou com “o Lula e a sua corja”. Nesse momento, uma vaia começou na parte da frente da plateia, que não gostou da relação entre “corja” e o PT feita pelo apresentador da segunda noite do evento.

Bazzar insistiu e mudou o tratamento ao partido. “Lula e seus ‘companheiros'”, tentou remendar a piada mal recebida pelo público e insistiu em contar a história. A vaia começou a ficar mais alta, com grande parte da plateia junto.

Foi então que o humorista interrompeu a piada e perguntou: “Essa vaia é para eles e não para mim, não é?” Foi quando gritos de “não vai ter golpe” começaram a surgir entre os presentes. Mesmo assim, Bazzar insistiu em terminar a piada… Mas não conseguiu.

Quando desistiu da piada, respondeu à plateia: “Gente, não vai ter golpe, vai ter impeachment”. A declaração do humorista revoltou a maior parte do público, que começou a gritar para ele ir embora.

Na tentativa de contornar a situação e reconquistar a simpatia do público, Bazzar começou a chamar a atração principal da noite. “Com vocês, Ana…” e esperava a resposta do público com “Cañas” em coro, que não veio. Ele tentou mais duas vezes, mas todas foram recebidas com uma vaia muito alta.

O humorista deixou o palco depois da terceira tentativa de anunciar o nome da cantora com ajuda da plateia. Ao iniciar seu show, Ana Caña respondeu à piada de Bazzar no microfone: “Impeachment é o caralho!” Dessa vez, a maior parte do público aplaudiu por concordar com a cantora.

Resposta

No Facebook do Jornal Opção, o humorista Marcos Bazzar respondeu à matéria e deu a sua versão da história. Ele disse que não se tratava de uma piada, mas sim de uma história, pois “não existe piada sobre o PT, é tudo verdade”. E alegou que “quem não respondeu (ao grito do nome da cantora) é porque não sabia pronunciar o nome dela”.

“Estou acostumado a críticas e aplausos e em 20 anos foram muito mais aplausos. Em momento algum eu ofendi quem estava lá e nem aqui, apenas contei uma piada que sempre foi muito bem aceita por onde passei. Aliás, não existe piada sobre PT, é tudo verdade! O texto foi narrado fielmente até a metade, depois foi opinião do jornalista pois só saí do palco porque a cantora já estava pronta para entrar e não poderia ter atrasos. Quanto a resposta ao nome da cantora, acho que quem não respondeu é porque não sabia pronunciar o nome dela.”

10 respostas para “Humorista Marcos Bazzar é vaiado ao chamar PT de “corja” em show”

  1. Avatar Efe Porfirio de Sousa disse:

    Coxinhas é assim, arrogante, prepotente e venal além de desrespeitar a todos. Isso não é humorismo, isso é agressão. Fora golpista Marcos Bazzar.

  2. Avatar Adailton Campos disse:

    Pra acontecer a reação do público assim como está descrito no texto só se o show foi em uma convenção do PT ou em um congresso da CUT.

  3. Avatar João Lobo Wolfman disse:

    Petista não tem senso de humor porque eles são a piada!

  4. Avatar si disse:

    A petralhada é barulhenta. Meia duzia grita por 20. Mas vai acabar, ah vai.

  5. Avatar Delcio Mencio disse:

    Também neste meio de cantorazinhas MPB e cia pé de chinelo, só pode ter PT lá, pq são tudo lixo, lixo atrai lixo.

  6. Avatar André Domicciano disse:

    Vaia foi pouco. Deveriam ter jogado alfafa no palco pro Bazzar sair pastando, que é o que ele faz melhor.

  7. Avatar Alexandre Perini disse:

    a história não corresponde… o terreno foi preparado com piadas sobre gênero… contou a do torcedor sentado no colo…depois piada de pobre… quem mora longe pode ir embora porque o último ônibus vai sair… fez piada com trindade…e piada de preto… estava em um dia ruim desde o começo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.