Humberto Aidar é indicado pela Assembleia Legislativa para o TCM

O deputado, emocionado, agradeceu a indicação dos colegas. O requerimento deve ser votado apenas no segundo semestre, após recesso parlamentar

Durante sessão extraordinária da Assembleia Legislativa de Goiás, nesta quarta-feira, 30, o deputado Lucas Calil (PSD) apresentou o requerimento com indicação do nome do deputado Humberto Aidar (MDB) para vaga de conselheiro no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO).

A indicação ocorre após arquivamento da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), de autoria do deputado Henrique Arantes (MDB), que visava extinguir o TCM, depois da aprovação do relatório do deputado Talles Barreto (PSBD) pela rejeição da proposta, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), neste mês de junho.

A PEC foi vista nos bastidores como pretexto de parte dos parlamentares que já planejavam indicar Humberto Aidar para a vaga de Nilo Sérgio de Resende Neto, que anunciou a aposentadoria no dia 12 de maio, após pressão da Assembleia Legislativa.

Durante sessão desta quarta-feira, após apresentação do requerimento com a indicação, que deve ser apreciado e votado apenas no segundo semestre, após o recesso parlamentar, Humberto foi elogiado e aplaudido pelos colegas.

Emocionado, Humberto Aidar agradeceu a confiança dos deputados na assinatura do requerimento. “Na política eu sou um ponto fora da curva. Mas consegui ter seis mandatos e hoje receber essa indicação dos meus companheiros […] Muito obrigado à confiança de vocês. Vão continuar tendo em mim um parceiro”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.