Hugol passa a contar com mais 20 leitos de UTI e 65 de internação

Após ampliação, unidade conta, no total, com 330 leitos, o que representa um aumento de 35% de capacidade

Hugol | Reprodução / assessoria OAB

Após recente ampliação, o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) passa a contar com mais 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e 65 leitos de internação.

Assim, a unidade passa de 245 para 330 leitos ativos no total, representando um aumento de 35% da capacidade. Para essa ampliação foram contratados 169 novos colaboradores em diversas áreas, como enfermagem, farmácia, fisioterapia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e transposição de pacientes.

Os 20 novos leitos de UTI são dedicados ao atendimento de pacientes adultos, nos perfis clínico, cirúrgico e neurológico. O Hugol possui, a partir de agora, um total de 66 leitos de terapia intensiva, sendo 49 para pessoas com idade acima de 13 anos, 10 de UTI pediátrica, para atendimentos de crianças com 30 dias de vida até antes de completar 13 anos de idade, e 7 de UTI especializada no atendimento a pessoas acima de 13 anos que sofreram queimaduras, no Centro de Referência em Assistência a Queimados.

Os 65 leitos de internação são divididos em 30 leitos de clínica médica, 30 leitos de clínica de especialidades cirúrgicas e 5 leitos na clínica pediátrica. A internação totaliza 235 leitos, na somatória com os já existentes nas clínicas cirúrgica, médica, de ortopedia/traumatologia, de queimaduras e pediátrica. Além desses, existem 29 leitos dedicados à urgência e emergência.

O diretor geral do Hugol, Dr. Hélio Ponciano Trevenzol, afirma que a abertura gradual dos leitos de um hospital com esse porte é uma medida preventiva para que cada paciente internado tenha um atendimento seguro e com qualidade, à altura da estrutura construída, dos recursos investidos e do perfil planejado. As ampliações de leitos estão sendo realizadas em alas que possuem maiores demandas, para atendimento às urgências traumatológicas e clínicas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.