Hospital atendeu ao menos 50 feridos em protestos na Venezuela

Dos atendidos no hospital, 30 foram feridos com balas de borracha e outros 16 tiveram traumas por pancadas, três têm problemas respiratórios e um foi ferido com bala

Segundo informações de jornais locais, o Hospital de Chacao, próximo aos arredores da Base Aérea de La Charlota, onde ocorrem confrontos entre apoiadores de Nicolás Maduro e Juan Guaidó, já atendeu ao menos 50 feridos nos protestos.

Movimento se iniciou nesta terça-feira, 30, após chamamento de Guaidó para derrubar Maduro. Ele alegava que tinha as forças armadas ao seu lado, o que foi negado por Maduro, que também convocou populares a irem às ruas.

O país, então, é assolado por conflitos entre os dois grupos. Dos atendidos no hospital, 30 foram feridos com balas de borracha e outros 16 tiveram traumas por pancadas. Além disso, três apresentaram problemas respiratórios por inalar gás pimenta e um teve ferimento a bala.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.