Homenagem escolhida, projeto que acrescenta nome de Iris Rezende ao Parque Mutirama é aprovado

Assinado pelos 35 parlamentares, alteração foi escolhida pela Casa para homenagear ex-prefeito de Goiânia; matéria ainda precisa ser aprovada em 2ª votação

Após ser protocolado pelo presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo (Patriota), no dia do falecimento do ex-governador de Goiás e ex-prefeito da capital, Iris Rezende (MDB), projeto de lei que acrescenta nome do emedebista ao Parque Mutirama foi aprovado em primeira votação, nesta quinta-feira, 11. Matéria foi assinada pelos 35 vereadores e foi escolhida por consenso entre os parlamentares como homenagem a ser realizada a Iris.

Caso o documento seja aprovado em segunda votação, o local passará a ser chamado Parque Iris Rezende Machado – Mutirama. O parque foi idealizado pelo ex-prefeito de Goiânia na década de 1960. No entanto, sua inauguração não contou com a presença de Iris, uma vez que o político havia sido cassado pela ditadura militar dias antes da abertura.

Segundo o presidente da Casa, o local foi escolhido para homenagear Iris por se tratar da obra que o ex-prefeito tinha maior carinho. “Foi a primeira que ele fez como político e é a parte de Goiânia mais simbólica para lembrar a memoria de Iris Rezende, já que foi o primeiro e um dos poucos parques de diversão públicos do Brasil, de modo que tanto o pobre quanto o rico passaram a ter um local para se divertir”, explica Romário.

O nome Mutirama é uma combinação de ‘mutirão’, ação que fortemente marcou suas gestões, com autorama. Os mutirões de Iris foram iniciados em seu primeiro mandato na chefia do Executivo municipal goianiense. Caso de repercussão mundial, a Vila Mutirão, que nasceu da construção de mil casas populares em um único dia, foi o ápice dessas ações. 

Unificação de medidas

A partir do excesso de proposituras que passaram a ser protocolados na Casa Legislativa com o objetivo de homenagear o ex-governador de Goiás, Iris Rezende, e a cantora Marília Mendonça, o presidente da Casa, Romário Policarpo (Patriota), sugeriu, nesta quarta-feira, 10, a unificação de todos eles em apenas um para cada personalidade. A intenção, segundo Policarpo, foi fazer com que a proposta seja da Casa, não somente de vereadores específicos, e economizar tempo de discussões.

Com o simbolismo do parque ao ex-prefeito de Goiânia, a proposta já sugerida pelo presidente da Casa foi a escolhida. De acordo com a Câmara Municipal, a escolha do Parque Mutirama para a homenagem a Iris Rezende também foi fruto de grande pesquisa sobre os locais públicos de Goiânia que ainda não tivessem sido nomeados, para evitar a alteração de nomes.

Apesar de ter sido esclarecido que só poderia ser realizada uma homenagem ao político emedebista – e à cantora sertaneja -, na manhã desta quinta-feira, 11, contra o consenso, o vereador Clécio Alves apresentou em plenário um projeto que altera a nomeação da ‘Avenida Anhanguera’ para ‘Avenida Anhanguera Iris Rezende Machado’. O parlamentar deseja que esta também se torne uma matéria por parte da Casa, assinada pelos 35 vereadores. No entanto, ele ressaltou que só irá concluir a apresentação do projeto depois que ouvir todos os vereadores desta Casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.