Homem que tatuou “sou ladrão e vacilão” na testa de jovem é preso pela PM

Tatuador foi detido em flagrante por tortura. Família do adolescente, que estava desaparecido, disse que ele é usuário de drogas e não está em boas condições mentais 

Caso chamou atenção de internautas depois que vídeo do crime foi compartilhado em redes sociais | Foto: Reprodução

A Polícia de São Bernardo do Campo (SP) prendeu, na noite da última sexta-feira (9/6), o tatuador Ronildo Moreira, que tatuou “Eu sou ladrão e vacilão” na testa de um adolescente de 17 anos que teria tentado roubar uma bicicleta na região da casa dele. Ele foi detido em flagrante junto com seu vizinho, Maycon Carvalho, pelo crime de tortura.

Os dois filmaram toda a ação e o vídeo viralizou, chamando a atenção de internautas. Segundo informações da polícia, o crime de tortura teria ocorrido na manhã de sexta-feira e o jovem que foi tatuado ainda não foi encontrado.

Quem procurou a polícia foram familiares do adolescente, que estava desaparecido desde 31 de maio. Ele foi identificado no vídeo e, por isso, os pais pediram ajuda do 3º Distrito Policial (DP) de São Bernardo. Segundo a mãe do menino, ele é usuário de drogas e não estaria em boas condições mentais.

À delegada do 3º DP, eles justificaram a ação dizendo terem ficado revoltados com a suposta tentativa de furto. Depois de tatuarem a frase na testa do suspeito, eles o liberaram.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dhux

Tinha que prender os policiais que fizeram isso com o tatuador. Se a polícia estivesse fazendo o trabalho isso não seria preciso