Um homem, que estava preso pelos ataques ocorridos em 8 de janeiro de 2023 contra as sedes dos Três Poderes em Brasília, morreu nesta segunda-feira, 20, durante o período de recreação no Centro de Detenção Provisória (CDP) 2, localizado no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

Trata-se de Cleriston Pereira da Cunha, de 46 anos, irmão do vereador Cristiano Pereira da Cunha (PSD), do município de Feira da Mata, no Oeste da Bahia.

Ele, que estava sob prisão preventiva por suposta participação na invasão ao Congresso Nacional, teria sofrido um infarto fulminante. Apesar dos esforços de outros detentos em realizar massagem cardíaca para reanimá-lo, ele não resistiu e veio a óbito no local.

A Polícia Federal (PF) foi acionada para investigar as circunstâncias da morte, e o corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) para realizar uma necropsia.

Cabe ressaltar que o homem havia obtido uma decisão favorável da Justiça para ser liberado, no entanto, essa determinação ainda não havia sido oficialmente homologada pelo juiz responsável pela análise do caso.

Leia também: