Homem é preso por praticar maus-tratos contra animais em Aparecida de Goiânia

Está é a primeira prisão registrada pelo crime neste ano, em Goiás. Caso aconteceu na manhã deste sábado, 16. Resgate foi de um pitbull que estava debilitado

Equipes da Semma e da Polícia Militar auxiliaram no resgate | Foto: Divulgação

Na manhã deste sábado, 16, ocorreu a primeira prisão deste ano por maus-tratos contra animais, em Goiás. A ação contou com a presença de defensores da causa animal, membros da Secretaria de Meio Ambiente de Aparecida de Goiânia e da Polícia Militar.

Em entrevista ao Jornal Opção, Lúcia Pacheco, da ONG Anjos Peludos, comentou sobre a ação que terminou com a prisão de um homem por maus-tratos a animais. A vereadora Lucíula do Recanto recebeu a denúncia de maus-tratos em seu celular e acionou a Secretaria de Meio Ambiente (Semma) e a Polícia Militar. Ao chegar no local, constatou que o cachorro da raça pitbull estava debilitado, muito desidratado, vivendo em condições insalubres, sem água e comida. Após constatar a situação do animal, o homem foi conduzido a 4ª Delegacia de Polícia (DP), onde foi lavrado o flagrante.

A prisão em flagrante foi tratada como uma “grande vitória” por Lúcia Pacheco. Segundo ela, antes os defensores de animais não tinham muito respaldo após realizar os resgates dos animais, no entanto, a mudança começou a acontecer. “A gente se sente gratificado e com o sentimento de justiça ao saber que o malfeitor está sendo punido, mesmo que seja uma pena branda”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.