Em Goiás, marido é preso suspeito de atear fogo na mulher

Policiais Civis de Goianira capturam homem investigado por atear fogo na companheira

Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil de Goianira prendeu, nesta quarta-feira (26/9), um homem de 33 anos, investigado por tentar matar a mulher, de 34 anos. O crime ocorreu no dia 24 de abril em Brazabrantes.

Nas investigações, coordenadas pelo delegado Bruno Costa e Silva, a família relata que o homem jogou álcool no corpo da vítima e ateou fogo com um isqueiro. Logo depois, o próprio agressor teria ajudado a apagar o fogo, sofrendo, também, queimaduras nas mãos e braços. A mulher ficou internada por mais de trinta dias e foi atingida em 48% de seu corpo.

Em depoimento à polícia, a vítima alegou que teria sido um acidente doméstico, que não teve participação do marido. No entanto, o laudo pericial e as testemunhas confirmaram que o incêndio foi intencional. Familiares também relataram histórico de ameaças, inclusive com uso de arma de fogo e foram apreendidas munições na residência. Assim, o homem pode responder também por crime de posse irregular.

A Polícia Civil pretende concluir o inquérito policial nos próximos dias para ser encaminhado ao Poder Judiciário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.