Homem e sobrinho são presos por assassinato de ex-companheira em Goiás

Autores foram presos na quinta-feira (1º/11) e responderão por feminicídio

Foto: Divulgação

A Delegacia de Polícia Civil de Goiatuba prendeu, na última quinta-feira (1º/11), Ronaldo Cabral Franco, 43 anos, e Carlos Humberto da Silva Filho, 19, pelo crime de feminicídio. Os dois são autores do assassinato de Vladiandrea D’arc de Almeida, de 38 anos, que tinha união estável com Ronaldo.

O crime ocorreu no dia 27 de outubro, quando os assassinos perseguiram Vladiandrea até a cidade de Vicentinópolis. De acordo com a polícia civil, a vítima percebeu a presença dos autores e tentou fugir em seu carro, mas foi perseguida, depois fechada pelo carro utilizado pelos autores.

Ela tentou fugir correndo, mas foi novamente perseguida e alvejada por disparos. Valdiandrea já estava no chão quando os autores se aproximaram, recarregaram a arma e efetuaram mais disparos contra a cabeça da vítima, que morreu no local.

Os criminosos estavam foragidos até que foram pegos na quinta-feira (1º/11). Ronaldo tinha União Estável com a vítima há nove anos. O crime foi considerado feminicídio, ou seja, assassinato de mulheres em razão do gênero.

Ronaldo e Carlos são tio e sobrinho e vão responder a pena, que pode durar de 12 a 30 anos de reclusão. Segundo a polícia civil, após procedimentos, os presos foram recolhidos na Unidade Prisional de Pontalina, onde ficarão à disposição da Justiça.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.