Homem é preso por falsificar notas fiscais e gerar prejuízo de R$ 1 milhão de reais ao Estado

Greibe foi acusado pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica e sonegação fiscal

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT) prendeu preventivamente, na manhã desta terça-feira (23/1), Greibe Jorge de Araújo Silva, pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica e sonegação fiscal.

A investigação apontou que Greibe falsificou documento de identidade e, utilizando-se de nome de terceiros, criou empresas que emitiam notas fiscais falsas para empresários do ramo de confecções, com a finalidade de omitir pagamento de ICMS, assim como dificultar a fiscalização da Secretaria da Fazenda.

O Instituto de Identificação constatou no sistema que Greibe possui pelo menos 3 documentos de identidade falsos.

De acordo com a DOT, o prejuízo estatal gira em torno de R$ 1 milhão de reais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.