Homem é preso após fingir ser policial para praticar roubos em Goiânia

Mulher do suspeito também foi presa por receptação

Jhonatan Ferreira da Silva e Letícia Carneiro de Oliveira | Foto: Divulgação/PC

Um casal foi preso em Goiânia depois que Jhonatan Ferreira da Silva se fingiu de policial para cometer crimes no setor Condomínio Santa Rita, em Goiânia.

Letícia Carneiro de Oliveira, de 22 anos, mulher do suspeito, foi autuada e presa em flagrante por receptação.

De acordo com as investigações, Jhonatan e mais dois comparsas se passaram por policiais civis e roubaram cerca de 4000 carteiras de cigarro, além de R$ 2400,00 em espécie.

Na residência de Jhonatan e Letícia foi encontrada uma pequena parcela dos cigarros roubados, além de camisetas da Polícia Civil de Goiás e da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus).

Agora, o envolvimento de um vigilante penitenciário na prática dos crimes é investigado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.