Homem acusado de integrar grupo que aplicou golpes em famosos como Juliana Paes é preso em São Paulo

Murilo Rosa e o jogador de futebol Luís Fabiano também foram vítimas da mesma quadrilha

Juliana Paes foi vítima de estelionatários e acabou perdendo R$ 480 mil. | Foto: Divulgação TV Globo.

Foi preso na manhã desta segunda-feira, 13, em Jacareí, cidade localizada no interior de São Paulo, um homem que faz parte da quadrilha que aplicou golpes em famosos como Juliana Paes, Murilo Rosa e o jogador Luís Fabiano. O indivíduo foi detido por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

De acordo com o Metrópoles, o grupo que ele integrava, a F2S Intermed de Negócios, está sendo investigado desde o ano de 2017. A prisão dos integrantes do mesmo chegou a ser pedida em maio deste ano pelo Ministério Público, mas a Justiça acabou negando. 

Promessas da F2S Intermed de Negócios

Famosos foram atraídos pela falsa promessa feita por representantes da F2S, a qual prometia uma rentabilidade de 4% a 8% ao mês, em um esquema que seria como uma pirâmide financeira, investindo na compra de carros. De acordo com o Ministério Público, o dinheiro era depositado numa conta pessoal de um dos donos da F2S.

A investigação apurou que entre maio e julho de 2018 houve movimentação de R$ 6 milhões nesta conta. A informação foi obtida através da quebra de sigilo bancário. Juliana Paes teria perdido R$ 500 mil, ao ponto que Murilo Rosa teve prejuízo de R$ 460 mil e Luís Fabiano, R$ 280 mil. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.