O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles começou a criticar a gestão do presidente Lula da Silva, inclusive sobre o reposicionamento do BNDES.

De acordo com o ex-ministro da Fazenda, “o financiamento, pelo bando, de obras lá fora tira recursos de obras no Brasil. Temos grandes deficiência em infraestrutura”. A história saiu na revista “Veja”.

Pegou mal, no mercado internacional, Lula da Silva os elogios de Lula da Silva à Venezuela e Cuba. O país dirigido, direta ou indiretamente, pela dinastia Castro não tem o hábito de pagar empréstimo. Não por má vontade, e sim por falta de caixa. Aplicar dinheiro em Cuba é investir a fundo perdido.